PORTAL DE NOTÍCIAS

23/09/2022   Educação  

Prefeitura de Campina inicia ensino em tempo integral

Os alunos das escolas da rede municipal de Campina Grande do Sul estão recebendo novos conhecimentos, por meio do ensino integral que chega na rede para melhorar o desempenho nas aulas. O projeto de educação no contraturno iniciou no dia 12 de setembro em duas escolas rurais e duas urbanas. Para as aulas de contraturno serão atendidos inicialmente 422 alunos que  permanecerão na escola o dia todo recebendo três refeições diárias (café da manhã, almoço e lanche da tarde).

O prefeito Bihl Zanetti, visitou na tarde do dia 22 de setembro, a Escola Municipal João Assunção, que fica na localidade de Jaguatirica, no interior do município, e destacou que o projeto era um sonho e que está se tornando realidade.

“Dia de alegria em ver esse sonho antigo de implantar o ensino integral em nossa cidade. Oportunidade para essas crianças ter no reforço escolar das aulas de português, matemática, atividades de artes, músicas entre outras e três refeições de qualidade” enfatizou o prefeito que também agradeceu  a equipe e a todos os envolvidos.

Novas atividades
No ensino integral os alunos terão a oportunidade de participar de oficinas de dança, artesanato, coral, teatro e reforço de língua portuguesa e matemática, que são essenciais para auxiliar no desenvolvimento educacional dos alunos. Com recursos próprios e todo apoio pedagógico da secretaria municipal de Educação o projeto  visa melhorar a alfabetização e  ampliará a capacidade dos alunos na escrita e no convívio social.

Avanço e sucesso
A Secretária de Educação, Simone Ferrarini de Souza Millek,  avalia o ensino integral como um marco para o município. “O contraturno traz melhorias no desenvolvimento do ensino, aprendizagem e em novas habilidades. É um marco para todos os envolvidos. Os avanços serão significativos, além do desenvolvimento intelectual, o acompanhamento nutricional, a permanência dos alunos na Escola, evitando a evasão escolar” explica Simone que  espera com o projeto uma maior interação entre a família e a Escola.

De acordo com a Diretora da Escola Rural Escola Municipal João Assunção, explicou que o ensino integral já é um sucesso. “O Projeto teve uma aceitação muito boa por parte dos alunos e famílias. Todos os dias temos novos interessados em realizar matrículas, pois, estão sentindo segurança em deixar seus filhos o dia todo na escola” disse a diretora.

Além da Escola João Assunção, as escolas, Santa Leticia no Ribeirão Grande (também interior do município), Alessandra Cristina Assunção, no Jardim Santa Rita de Cássia e Marcos Nicolau Strapassoni, no Jardim Santa Rosa, também atendem com o ensino integral.



Fotos


MAIS NOTÍCIAS