Cinema na Praça reúne mais de duzentas pessoas em Campina Grande do Sul
A Praça CEU recebeu o Cine Móvel, projeto do Festival de Cinema da Bienal de Curitiba
15/03/2019 Cultura

A população de Campina Grande do Sul pode acompanhar uma sessão de cinema gratuita por meio do projeto Cinema na Praça, disponibilizado pela Prefeitura de Campina Grande do Sul, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Família e Cultura, em parceria com o Governo do Paraná e a Copel.

 

A exibição ocorreu na noite da última quinta-feira (14/3) com a estrutura para a projeção montada na Praça CEU no Jardim Flórida e recebeu mais de 200 pessoas para assistir ao filme “Benzinho”.

 

O evento foi prestigiado por Fabiana Zanetti, diretora da Praça CEU. Ela representou o prefeito Bihl Zanetti e disse que o evento Cinema na Praça é mais uma atividade que a Prefeitura buscou para as comunidades da região da Praça CEU, trazendo opções de entretenimento para o local. Também comentou que o prefeito Bihl tem trabalhado diariamente para oferecer oportunidades de lazer, cultura e esporte para a população campinense.

 

Na abertura das exibições da noite, foram apresentados dois curtas metragens: Cartadas da Vida e Um Sopro de Ilusão. Ambos os filmes foram produzidos pelos alunos do Colégio Estadual Prefeito João Maria de Barros que participaram de oficinas do projeto Cinema na Escola.

 

Na sequência, o público conferiu o filme “Benzinho”, que conta a história de um casal e seus quatro filhos, cuja mãe terá poucos dias para superar a ansiedade e ganhar forças antes de mandar um deles para o mundo - jogar handebol na Alemanha. O filme dirigido por Gustavo Pizzi e estrelado por Adriana Esteves, Otávio Müller, Karine Teles e Konstantinos Sarris.

 

O projeto

 

O Cinema na Praça faz parte do Festival de Cinema da Bienal de Curitiba e integra o Cine Móvel, projeto cultural que atua em três frentes: Cinema na Escola, Cinema na Praça e Oficina de Cinema no Celular.

 

Cada uma dessas ações trabalha o cinema de uma forma diferente: nas escolas, os jovens produzem da ideia à edição, curtas de até um minuto. Já, no Cinema na Praça a comunidade pode assistir aos filmes produzidos pelos alunos durante as oficinas antes da apresentação do longa-metragem.